0

Senhora dos Remédios, Lamego

Senhora dos Remédios, Lamego

Santuário de Nossa Senhora dos Remédios localiza-se na freguesia da Sé, cidade e concelho de Lamegodistrito de Viseu, em Portugal.

No topo do monte de Santo Estêvão, o santuário é actualmente parte integrante do panorama da cidade à qual está unido por um escadório cenográfico.

Desde 1984, o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, incluindo a escadaria e parque, está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Senhora dos Remédios Lamego

Senhora dos Remédios Lamego

 

 

Este santuário, cujas festas principais se realizam nos dias seis a oito de Setembro, tem a fachada do templo com marcas de estilo barroco, é ladeada por torres sineiras, no interior, o altar-mor ostenta a imagem da Nossa Senhora dos Remédios, esculpida em madeira, e três vitrais com as imagens de Nossa Senhora da Conceição, do Sagrado Coração de Jesus e da Anunciação.

Os altares laterais são dedicados aos pais da virgem, as paredes são cobertas por azulejos com imagens da vida da virgem.

A escadaria de acesso ao santuário, com 686 degraus, tem vários patamares onde se encontram os reis de Israel, e na base da escadaria, quatro figuras representam as quatro estações do ano.

 

 

História

A devoção popular no local remonta a uma capela, sob a invocação de Santo Estevão, erguida em 1361.

O santuário de Nossa Senhora dos Remédios, em Lamego, começou a ser construído em 1750, para ser terminado em 1905, ocupando o monte onde existiu desde o século XIV, uma capela dedicada a Santo Estêvão.

No século XVI, esta capela ameaçava ruína e foi mandada construir uma nova igreja, pelo bispo da cidade, onde foi colocada também a imagem da virgem com o menino ao colo.

Com o tempo, a devoção a Santo Estêvão foi decaindo e cresceu a dedicação à virgem, que era o alvo das preces de quem padecia de males e necessitava de ajuda, dando origem desta forma à devoção à Senhora dos Remédios.

O atual santuário foi principiado em 1750, e concluído apenas em 1905.

As suas festas tradicionais, decorrem anualmente de seis a oito de Setembro.

 

Festas da Nossa Senhora dos Remédios

As festas em honra da Nossa Senhora dos Remédios desenrolam-se durante mais de 15 dias com várias animações, espectáculos tanto musicais como pirotécnicos, actividades desportivas, religiosas e muito mais.

A romaria de Nossa Senhora dos Remédios tem um papel preponderante relativamente a outras festividades religiosas vizinhas. A partir do dia 6 de Setembro até ao dia 8 os crentes pagam as suas promessas, feitas ao longo do ano. Mas, o momento culminante, do ponto de vista religioso é a grande procissão  (“Procissão do Triunfo” em honra de Nossa Senhora dos Remédios), durante a qual o andor da Senhora dos Remédios é transportado por juntas de bois, com os carros soberbamente engalanados. Para isso, foi necessário obter uma autorização especial da Santa Sé. O documento “só autoriza que sejam bois, e não vacas, a puxar os andores”, o que dificulta a tarefa de arranjar os animais.

Entre os motivos de atracção dos romeiros incluem-se também a “Marcha Luminosa”, a 6 de Setembro, e a “Batalha das Flores”, a 7 de Setembro. Ambas são compostas por 10 “carros alegóricos e numeroso figurado vivo” que percorrerá as principais artérias da cidade. A única diferença entre elas é que a “Marcha Luminosa” acontece à noite e a “Batalha das Flores” realiza-se durante a tarde, altura em que as pessoas atiram pequenos quadrados de papel colorido sobre o desfile.

Para além dos aspectos religiosos há todo um conjunto de actividades lúdicas, comerciais e desportivas e os espectáculos de variedades, que vão desde o fado à música popular, passando pelo folclore.

Batalha das flores em vídeo:

 

Marcha Luminosa em vídeo:

 

Características

O templo apresenta, em sua fachada, traços do estilo barroco e rococó (“rocaille“). A fachada é ladeada por torres sineiras. Em sua construção foi empregada a pedra de granito.

Em seu interior, destacam-se o altar-mor com a imagem da Nossa Senhora dos Remédios esculpida em madeira, e três vitrais com as imagens de Nossa Senhora da Conceição, do Sagrado Coração de Jesus e da Anunciação.

Os dois altares laterais são dedicados aos pais da virgem (São Joaquim e Santa Ana). Numa das paredes do santuário encontram-se painéis de azulejos com cenas da vida da Virgem.

No exterior destaca-se o escadório monumental de acesso ao santuário, com 686 degraus, desenvolvendo-se em nove lances, ornamentados com capelas, estátuas, fontes eobeliscos. Num desses patamares – o chamado “Pátio dos Reis” -, destacam-se as imagens de dezoito reis de Israel, pertencentes à árvore genealógica da Virgem. Na base do escadório encontram-se quatro figuras alusivas às quatro estações do ano.

Árvore de Interesse Público

Desde 1940, um castanheiro (Castanea sativa Miller) localizado junto ao Santuário está classificado como “Árvore de Interesse Público”. Segundo o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, a árvore com mais de 700 anos já se apresenta seca e foi embelezada por uma hera.

Senhora dos Remédios em vídeo:


Ash Tags: #SenhoraDosRemedios #SantoEstevao #Escadorio #Escadaria #Lamego

Fontes:

Eu Amo Viseu

Eu Amo Viseu é uma página criada com o objectivo de divulgar o distrito de Viseu. Não só a cidade de Viseu mas todo o distrito. Para isso contamos com a ajuda dos nossos fãs esperando que nos enviem fotografias, cartazes, e toda a infomação que acharem importante sobre as suas zonas de residência. Desta forma pretendemos criar um comunidade de grande dimensão no nosso distrito que esteja sempre a par de actividades, noticias, eventos, conheça os locais mais bonitos da região e muito mais.

Show Comments»